domingo, 24 de março de 2013

No centro da vontade de Deus

O caminho de Deus é perfeito; a palavra do SENHOR é provada; é um escudo para todos os que nele confiam. Salmos 18:30 Certa vez, Nicodemos foi ter com Jesus e Este lhe disse que devemos nascer de novo para vermos o Reino de Deus e deixar-nos ser guiados pelo Espírito Santo. A Palavra de Deus nos diz que “ todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus”. Romanos 8:14. Quando pensamos em um caminho perfeito, imaginamos que não haverá desafios mas a lógica de Deus é muito diferente da nossa porque a sabedoria humana é “ terrena, animal e diabólica.” (Tiago 3:15). Os caminhos e pensamentos de Deus são muito mais altos que os nossos ( Isaías 55:8) e mesmo sem entendermos coisa alguma devemos obedecer totalmente a Deus. Quando Jesus Cristo nasceu, Deus em sonho avisou a seu pai José que fugisse para proteger a vida do menino (Mateus 2:13). O lugar escolhido por Deus não poderia ser pior, sob o ponto de vista humano: o Egito! Lugar de idolatria e feitiçaria. Seus rituais de magia eram conhecidos até em lugares longínquos. O incesto era prática comum entre os nobres visando a manutenção do poder real. Muitas vezes estamos vivenciando situações difíceis em nossas vidas, andamos por caminhos tão dolorosos e o pouco que conseguimos conquistar é com muito esforço. Nossa tendência é usar a sabedoria humana para questionarmos nossa posição em Cristo: será que estamos em pecado para estarmos no deserto? Nem sempre. Deus pode conduzir-nos a lugares estranhos para manutenção da vida. O importante é que tenhamos a certeza da condução do Espírito Santo em toda e qualquer circunstância. Muitas vezes somos perseguidos na família, no trabalho e até na igreja em que congregamos, é muito fácil desistirmos diante dos desafios mas o importante é colocarmos todas as coisas diante de Deus em oração e discernirmos espiritualmente se este é o lugar em que devemos estar. Que o Espírito Santo nos conduza a todos os lugares e nos dê o espírito de sabedoria, ciência e temor. Deus te abençoe!

quinta-feira, 21 de março de 2013

Dons e talentos sobre sua vida

E o SENHOR disse-lhe: Que é isso na tua mão? E ele disse: Uma vara. Êxodo 4:2 Deus escolheu Moisés para liderar o povo judeu no processo de libertação depois mais de 400 anos de escravidão no Egito. Moisés sentiu-se incapaz de realizar tão grande tarefa, mas Deus perguntou-lhe o que havia em sua mão. Em nossas mãos estão os dons e os talentos que Deus nos deu ainda no ventre de nossas mães (Salmos 68:18), a resposta para cada desafio seu e de sua família, estão também em suas mãos. É o Senhor quem te capacita e orienta seu caminho. Totalmente acuado por seus inimigos, Moisés estendeu a vara que estava em sua mão e o Mar Vermelho se abriu e todos puderam passar ilesos. (E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco.Êxodo 14:16) Que o mesmo Deus que conduziu em vitória o povo judeu, te oriente a usar com sabedoria os dons e talentos que estão sobre sua vida.

Deus tem vitória para vocês e para seus filhos

O Senhor nos dá filhos espirituais e carnais ( quer nascidos do nosso ventre ou de outra mulher) tornando-nos coparticipantes de sua obra criadora, mas faz-se necessário que adotemos nossos filhos em amor, ou seja, com nossos corações. É maravilhoso sabermos que Deus confia em nós e essa missão nos chama a um compromisso com Ele. A boa notícia é que Deus nunca nos deixa sós, Jesus mesmo disse: “E ...eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;”(João 14:16). Deus tem vitória para vocês e para seus filhos, fiquem firmes e tenham um coração sempre grato a Deus. Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração;Romanos 12:12

“ Queres ficar são ?”

E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são? João 5:6 Jesus Cristo sabe tudo o que se passa conosco, é onisciente, onipresente e através do Seu Espirito sonda e conhece nossos corações. Certamente Ele sabia da necessidade daquele homem que há muitos anos esperava por uma cura, mas ainda assim, perguntou-lhe se queria ficar são. O... homem não respondeu-lhe objetivamente mas apontou todas as dificuldades que enfrentava cotidianamente, desconhecendo que a sua frente estava o filho do Deus vivo. Hoje o Senhor Jesus nos pergunta: “ queres ficar são ?” Conte a Jesus o que você precisa, Ele quer ouvir o que tens a dizer. Deus te abençoe!

Deus fez tudo formoso a seu tempo

Os passos de um homem bom são confirmados pelo SENHOR, e deleita-se no seu caminho. Salmos 37:23 Deus criou todas as coisas mas cada uma a seu tempo conforme podemos perceber no primeiro capítulo do livro de Gênesis e também no livro de Eclesiastes (Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs o mundo no coração do homem, sem que este possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até ao fim.Eclesiastes 3:11). Vivemos tempos difíceis em função da correria do dia a dia , diante disso, a ansiedade ganha lugar no coração e na percepção de homens, mulheres e crianças funcionando como uma lente que impede a visualização do agir de Deus em cada pequeno detalhe de nossas vidas. O versículo em destaque nos lembra que Deus confirma os passos de um homem bom. O que diferencia a caminhada da corrida é justamente o ritmo. Os jovens correm com facilidade mas com o avanço da idade apenas a caminhada torna-se possível. A capacidade de caminhar nos acompanha durante toda a nossa jornada na Terra, quando idosos diminuímos o ritmo mas ainda assim podemos chegar ao lugar desejado. Que tenhamos tranquilidade para dar um passo de cada vez sem ansiedade e aguardando todas as coisas no Senhor porque Ele tem a agradável vontade para nós (Rm 12:2). Afinal, é o Espírito Santo quem nos ensina através do profeta Isaías : Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão. ( Is 40: 29 e 30 )

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Mulheres sábias e pacíficas

Levantai-vos, mulheres, que estais sossegadas, e ouvi a minha voz; e vós, filhas, que estais tão seguras, inclinai os ouvidos às minhas palavras. (Isaías 32:9 ) Tremei, mulheres que estais sossegadas, e turbai-vos vós, que estais tão seguras; despi-vos, e ponde -vos nuas, e cingi com saco os vossos lombos. (Isaías 32:11 ) Analisando as inúmeras atribuições que temos atualmente e as exigências estéticas que nos são impostas, passei a acreditar que no passado as mulheres tinham uma vida mais tranquila. Conversando informalmente com minhas amigas, era um hábito meu dizer a seguinte frase: “É muito difícil ser mulher em 2012, em 1940 era muito mais fácil”. Engano meu, porque estudando a Palavra de Deus, compreendi que tanto no passado quanto no presente nós mulheres podemos fazer escolhas. Sendo assim, independentemente da época, existiram e existem mulheres que vivem despreocupadamente e outras que são autoras de sua própria história e estão comprometidas em fazer a diferença na vida de outras pessoas. O estudo a seguir ajudou-me a transformar o meu entendimento e espero que possa ajudá-las também a visualizar o assunto sob uma outra perspectiva. Texto base: II Sm 20:3 No capítulo 20 de II Samuel, o texto trata de uma sedição1 de Seba ( da tribo de Benjamim) contra o reinado de Davi. Este já havia enfrentado a rebelião de seu filho Absalão, foram duas rebeliões que ocorreram entre o mesmo povo, os inimigos lhe eram bem próximos. No início deste capítulo, é citado o fato de que o rei Davi tinha dez concubinas, como o capitulo fala de uma rebelião, inicialmente não consegui ver o sentido de falar-se das concubinas do rei mas logo percebi a conexão do texto pois mais adiante nos apresenta uma única mulher que foi capaz de salvar toda uma cidade de forma pacífica. Deus é cuidadoso e nas entrelinhas nos mostra que somos todos importantes para Ele, quer sejamos homens ou mulheres. Davi tinha dez concubinas e as coloca em uma casa, mantêm financeiramente mas não se relaciona intimamente com elas. Podemos concluir que ele tirou a possibilidade delas formarem uma família, amar e serem amadas, conhecer o zelo de um homem que as ama e cuida, que compartilha das delícias da vida amorosa ( conforme descrição do livro de Cantares). Será que elas se sentiam solitárias, rejeitadas e abandonadas emocionalmente?Como seria a convivência entre essas dez mulheres rejeitadas pelo mesmo homem e dividindo o mesmo espaço? Davi era homem público, certamente elas sabiam de cada um de seus passos. Como se sentiam? O que diziam ? A Bíblia cita essas mulheres em um único versículo, não temos mais detalhes sobre elas mas, no final desse versículo 3, a informação sobre elas é bastante contundente: (...)” e estiveram encerradas até o dia da sua morte, vivendo como viúvas.” Certamente viveram a vida toda em prisão domiciliar, sem desfrutar do relacionamento com o esposo e sem interferir na vida daquela sociedade. Ainda que a cultura daquele povo valorizasse sobremaneira a figura masculina, estas mulheres não podem ser vistas apenas como vítimas de determinada circunstância. Deus sempre nos garante o livre arbítrio, estamos sempre diante de escolhas. Após resolver o problema de suas concubinas, o rei convoca seu exército para perseguir Seba, este esconde-se em uma cidade mas o comandante Joabe juntamente com seus soldados batem no muro para derrubá-lo ( verso 15). No versículo 16 entra em cena uma mulher, seu nome não é citado mas ela recebe dois atributos importantes: sábia e pacífica. Esta mulher grita de dentro da cidade que lhe chamem Joabe para conversar. Ela sabia muito bem quem era o líder do exército real, não era uma mulher fútil e alienada preocupada apenas com o chamado universo feminino ( marcadamente consumista nos dias atuais ). Joabe atende a mulher dizendo-se disposto a ouvir-lhe, ela então usa argumentos importantes para negociar com ele, destacando sua preocupação na defesa dos interesses da coletividade e lembrando as promessas de Deus para aquele povo. Ela conhecia a história de amor de Deus para com seu povo e diz a Joabe: (...)” por que pois devorarias a herança do Senhor ?” Ao ouvir suas palavras, Joabe cai em si e diz a ela que quer apenas um homem que revoltou-se contra o rei – Seba. A mulher promete lançar a cabeça dele por sobre os muros, ela não pretendia abrir os portões da cidade mas também não acobertaria aquele rebelde. Ela esteve com todos os moradores da cidade e com toda sabedoria ( verso 22) convenceu-os a cortar a cabeça de Seba e jogaram-na a Joabe que retornou a Jerusalém. Se esta mulher não fosse sábia, pacífica e ousada, todos teriam perecido. Aprendo várias coisas com esta mulher : 1. Que é necessário sermos sábias para conversar com as pessoas e resolver pacificamente os conflitos; 2. Devemos ser pessoas de bom senso e bem relacionadas como ela pois todos na sua cidade lhe deram ouvidos e o próprio comandante Joabe atendeu-lhe imediatamente. 3. Conhecedora da Palavra de Deus, usou Suas promessas para lembrar a Joabe das responsabilidades que temos diante de Deus pelos nossos atos. 4. Se o mal entra em nossa casa, família, ambiente de trabalho ou igreja, temos de agir com sabedoria e autoridade cortando-lhe a cabeça e lançando fora desses espaços mas para tal, é necessário que as pessoas que convivem conosco compreendam essa necessidade. 5. Agir em defesa da coletividade mas sempre em favor do cumprimento das promessas de Deus, mesmo entre aqueles que não as conhecem ( são herdeiros mas ainda não sabem). 6. Manter sempre as portas fechadas para o mal. Para finalizar, não poderia me esquecer da mulher da Provérbios 31. Na transcrição das palavras de um rei (Lemuel) , ele lembra os conselhos de sua mãe para todas as áreas de sua vida e dos 31 versículos deste capítulo, dedica 22 a descrição da mulher virtuosa. As qualidades e atributos dessa mulher não são físicos, ela é dinâmica e empreendedora, vigilante ( oração),habilidosa, misericordiosa,prudente,sábia, administradora, e para concluir afirma que a mulher que teme ao Senhor será louvada. Que Deus nos ajude a fazer a escolha certa sempre, nos dê sabedoria (Tg 1: 5 ) e paz. Maria Isabel 01/07/2012